"ela acreditava em anjos, e porque ela acreditava eles existiam"

Arquivo para junho, 2011

Valentine’s day.

Olá,leitores e leitoras.!

Hoje o post vai ser dedicado ao dia dos namorados,um pouco atrasado,já que a a comemoração de fato aconteceu ontem.Esse ano,eu passei o ‘valentine’s day’ acompanhada de uma  pessoa que me faz tão bem…mas afinal,não é tão triste passar em branco essa data,pense que esse ano foi assim,mas que sabe no próximo ano, vc já terá encontrado alguém especial pra trocar beijinhos e ,carinhos,presentes e todas as  coisas melosas que os apaixonados tem…a um ano atrás eu não acreditaria se alguém do futuro disesse que hoje eu estaria tão bem acompanhada!!

A vida nos prega peças,e não que eu esteja querendo dar uma de experiente,mas é que nesses meus 14 anos de vivência eu percebi o quanto o mundo pode girar.Eu sei que é muuuuito clichê dizer isso,mas é inevitável: ‘tudo acontece na hora que deve acontecer’,e não fique por aí se lamentando que não tem um namorado,e blá,blá,blá…A vida é muito mais que isso,ela é bela,e vamos vivê-la que é muito melhor do que se lamentar e ficar vendo ela  passar sem aproveitar suas relíquias.

e como diria o Borbs,AQUELE ABRAÇO,HEM.! 😉

Anúncios

sei que a vida

é um texto corrido, e eu tomo conta da pontuação. Coloco vírgulas onde acho que devo ir mais devagar ou deixo as palavras correrem livres para torná-lo intenso, para que me falte ar. Acrescento parágrafos em momentos de recomeço e se for necessário busco até um ponto final. Se há erros na ortografia, descompasso de assuntos, não importa tanto, uma hora ou outra, depois de muitas revisões e treino, essa escrita toda fará algum sentido. :]


a verdade,

é que sou intensa demais e não há quem dê jeito nisso. Sofro dores que não são minhas,vibro com alegrias que não me pertecem. O bom de tudo é que, toda noite antes de dormir, eu rezo. E sempre sorrio (mesmo quando estou triste).


sou feita

de choros sem ter razão, pessoas no coração, atos por impulsão.


eu já não sou o que era,

devo ser o que me tornei. *-*’ (Coco Chanel)